top of page
Parque Pedra de Xangô: cultura e lazer para quem visitar

Postado dia 02/03/23 | 2min. de leitura

Parque Pedra de Xangô: cultura e lazer para quem visitar

0 comentário

0 curtida

0 visualização

Qualquer pessoa que esteja com viagem marcada para Salvador, ou mesmo na fase de planejamento da mesma, e ainda não sabe o que fazer na capital baiana precisa colocar o Parque Pedra de Xangô no roteiro.


Afinal, mais do que um simples parque para a população e para os turistas, este local também é um verdadeiro símbolo da religiosidade local.

Um passeio verdadeiramente imperdível para quem busca atrativos turísticos que fujam do óbvio e, ainda, ensinem muito sobre a cultura local.

Onde fica a Pedra do Xangô

A Pedra do Xangô (ou Pedra de Xangô) propriamente dita é um Patrimônio Cultural de Salvador, e sempre esteve localizada em Cajazeiras.

Foi exatamente ali, ao redor deste monumento natural, que se fundou o antigo Quilombo Buraco do Tatu, em 1763. A localização privilegiada, cercada pela Mata Atlântica, protegia os negros em fuga e, ainda, foi uma aldeia indígena.

A mata foi retirada do entorno, mas o forte significado do local perdura até hoje, não sendo à toa que a prefeitura inaugurou, em 2022, o Parque Pedra de Xangô, no qual a pedra continua tendo todo o destaque que merece.

Destaque esse que, por sinal, ela obtém sem nenhum esforço: são 8 metros de altura, 30 metros de perímetro (em média) e séculos de história.

Infraestrutura e atrativos do Parque Pedra de Xangô

Dedicado a homenagear o povo de santo da capital baiana, o Parque Pedra de Xangô é, além de tudo, um local sagrado, por meio do qual os moradores e principalmente os turistas podem aprender muito sobre o Candomblé.

Portanto, caso sua viagem para Salvador tenha como objetivo explorar a religiosidade da cidade, por exemplo, não visite somente algumas das mais de 300 igrejas da capital baiana, estando algumas delas no Pelourinho.

Tenha também um espaço no seu roteiro dedicado a uma visita ao Parque Pedra de Xangô e todo o ensinamento que ele pode transmitir, principalmente por meio do memorial que faz parte do local.

Além de rico em história, o parque também é um espaço para se passar agradáveis horas: ali há uma ótima infraestrutura, com direito a anfiteatro, banheiros e venda de produtos específicos, como artesanato e comida.

E seu paisagismo, especificamente, é um encanto à parte, sendo composto por um lago artificial e pela Pedra de Xangô propriamente dita.

Passeios além do óbvio em Salvador

Como é possível notar, a capital baiana vai muito além de seus atrativos mais famosos, como o Elevador Lacerda e o Mercado Modelo.

Existem inúmeros outros pontos turísticos que acabam passando despercebidos e, quando recebem a atenção que merecem, fazem a viagem ficar ainda mais especial!

É o caso do Parque Pedra de Xangô e, também, da Lagoa dos Dinossauros.

Esta última é caracterizada como o passeio perfeito para toda a família, e sem dúvidas faz a alegria de todas as crianças que passam por ali. Por isso, leia o próximo artigo e saiba todos os detalhes sobre a Lagoa dos Dinossauros!

Escreva um comentário

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

bottom of page