top of page
Open Site Navigation

Muitos ainda podem pensar que o estado da Bahia atrai centenas de milhares de turistas apenas devido às suas belezas naturais. Porém, existem outros locais que além de belíssimos, são ricos em atrativos interessantes.

Cachoeira é uma cidade com enorme importância para a história do Brasil, porque foi palco de uma batalha que ficou conhecida como a primeira vitória do país na Guerra pela independência. No entanto, a história do município não está apenas nos livros: basta percorrer as ruas e construções para sentir a grandeza e o simbolismo da região.

Por isso, Cachoeira, no Recôncavo Baiano, prova que o turismo na Bahia não depende só das praias. A cidade foi tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional e tem o segundo maior acervo arquitetônico barroco do estado, atrás apenas de Salvador.

Dessa forma, qualquer turista ou visitante, ao andar pelas ruas de Cachoeira, irá se deparar com séculos de história nos museus, casarões e becos da cidade.

Agora, você já deve imaginar porque a rota faz sucesso entre os viajantes. Então, vamos aprender mais sobre o destino?

Como chegar a Cachoeira no Recôncavo Baiano?

Cachoeira está há 120 quilômetros de Salvador. Nesse caso, para quem prefere fazer viagens de carro, após desembarcar no aeroporto da capital do estado, basta percorrer cerca de 1h50 para chegar até a cidade.

Por outro lado, para quem vai viajar de ônibus, existem linhas específicas que saem diariamente. Localizada no coração da região conhecida como Recôncavo Baiano, Cachoeira está entre os 20 municípios que compõem a história e cultura riquíssima do nosso país.

Quais são as atrações locais?

Existem muitas atrações em Cachoeira, Recôncavo baiano. O local é sede de um dos principais eventos de literatura do país, a Festa Literária Internacional de Cachoeira (Flica), que recebe milhares de turistas todos os anos.

A cidade é muito cultural, perfeita para os turistas que gostam de aprender e conhecer mais sobre a história do país. Confira!

Câmara Municipal

Os visitantes não podem deixar de conhecer o prédio que, atualmente é a Câmara Municipal, mas que foi sede do Governo Legal da Província, onde Dom Pedro I foi aclamado Regente e Defensor do Brasil, em 1822.

O sobrado histórico foi construído anos antes, o que garante que esta será uma visita a uma obra arquitetônica muito interessante para quem busca conhecimentos sobre o tema.

Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário

Outra referência para o turismo na cidade de Cachoeira, no Recôncavo Baiano, é a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário que ostenta muita beleza e requinte em sua ornamentação.

A obra foi construída na primeira metade do XVIII, sendo que o projeto terminou após cerca de 100 anos. Entre os anos de 2003 e 2004, o local teve que ser restaurado, para que assim, a sua estrutura mantivesse a segurança para a visita dos turistas.

Convento Santo Antônio do Paraguaçu