top of page
Itaeté: Confira as suas 3 principais atrações

Postado dia 24/11/22 | 4min. de leitura

Itaeté: Confira as suas 3 principais atrações

0 comentário

0 curtida

0 visualização

Itaeté é um município da Bahia que faz parte da região da Chapada Diamantina, uma área que chama a atenção devido às suas belezas naturais e atrações para perfis aventureiros. Itaeté fica a 180 km de Lençóis e a 60 km de Andaraí, duas cidades que são muito frequentadas por diversos turistas.


Se você pretende passar alguns dias na região, é preciso mencionar que existe uma ótima infraestrutura para atender as necessidades dos viajantes, sendo possível encontrar boas pousadas e restaurantes simples nas redondezas. Quer saber mais sobre os pontos turísticos de Itaeté? Continue a leitura e confira!

Conheça os principais pontos turísticos de Itaeté

Antes de mais nada, devemos dizer que o município mencionado tem muita natureza ao redor, assim como outros locais da Chapada Diamantina. Embora seja um local pequeno, com atmosfera de interior, ainda assim, é possível encontrar atrações para ocupar a sua semana inteira. Veja abaixo.

1. Poço Encantado

O Poço Encantado é, certamente, uma das grandes atrações de Itaeté, sendo muito conhecido como um dos pontos turísticos mais visitados da Chapada Diamantina.

Em resumo, o local apresenta características únicas, onde o turista pode observar a água cristalina que, quando em contraste com a luz do sol, apresenta um fenômeno incrível, ficando totalmente transparente.

A área tem ao todo 110 metros de comprimento, 70 de largura e 65 de profundidade. Para avistar o raio de sol que entra em meio às rochas, deixando o local ainda mais iluminado, é preciso visitar a região entre abril a setembro, no horário das 10h até às 13h30.

Assim como outras atrações da Chapada Diamantina, não é possível entrar no Poço Encantado, sendo um local unicamente para contemplação.

Para visitar a região, é necessário pagar uma taxa que gira em torno de R$ 25,00. Mas, você também pode contratar um guia turístico para fazer este e outros passeios na área. A propriedade privada onde se encontra o Poço Encantado oferece uma ótima infraestrutura, onde o turista pode almoçar ou fazer lanches.

Basicamente, a trilha é de fácil acesso, sendo necessário descer em média 320 degraus para chegar até a gruta, o que pode ser apenas cansativo.

2. Gruta da Lapa do Bode

A Gruta da Lapa do Bode ainda é um território pouco conhecido na Chapada Diamantina. No entanto, isso não tira a magia do local, que é perfeito para perfis aventureiros que gostam de participar de atividades de exploração.

Suas características mais marcantes são o solo argiloso, a entrada que se assemelha a um castelo e as formações rochosas que criam um labirinto.

A Gruta da Lapa do Bode é formada através da matéria Ardósia. Segundo uma pesquisa feita por estudantes da USP, por lá encontra-se uma espécie de besouros que são únicos na Chapada Diamantina: o besouro cego.

O local é protegido pelo IBAMA e fica nas margens do Rio Paraguaçu. Cabe destacar que entre dezembro e fevereiro, não é permitida a visita, pois o local fica inundado pela água.

A trilha feita para chegar até a área é fácil, sendo necessário o uso de capacete e lanternas para poder explorar as formações em segurança.

3. Trilha Quatro Dias Grandes Cachoeiras de Itaeté

Não é segredo que a Chapada Diamantina conta com diversas cachoeiras incríveis, não é mesmo? Na região de Itaeté isso não é diferente, sendo possível que os turistas invistam até em passeios específicos para conhecer toda a grandiosidade da região.

As trilhas para algumas das cachoeiras magníficas da área podem apresentar um certo risco. Por isso, é comum que algumas delas necessitem do acompanhamento de profissionais turísticos para evitar acidentes.

Nesse caso, falaremos da Trilha Quatro Dias Grandes Cachoeiras de Itaeté, uma opção que permite que o visitante conheça pontos incríveis da natureza. Confira:

  • Cachoeira Encantada: a primeira parada é essa cachoeira que possui 230 metros de queda. Por ser um percurso longo, a trilha leva em média um dia, partindo de Lençóis, de onde se inicia o trajeto a pé que tem duração de 6 horas aproximadamente. Ao todo, são 6 km de ida e 6 km de volta, onde pode-se conhecer cânions e rios. É uma trilha difícil, que exige preparo físico.

  • Cachoeira do Herculano: no segundo dia, esta incrível cachoeira com 3 quedas de 100 metros entra na rota. A trilha é relativamente mais curta do que a anterior. Porém, ainda assim é preciso preparo físico, especialmente porque o corpo já estará cansado. São 2 km de ida e 2 km de volta, para só então retornar até a pousada.

  • Cachoeira da Roncadeira: no terceiro dia o turista terá que se aventurar por uma trilha inóspita, que tem no total 8 km, 4 de ida e 4 de volta. É preciso caminhar pelo leito do rio, passando por pedras escorregadias.

  • Cachoeira Bom Jardim: por último, o turista poderá relaxar um pouco, pois essa trilha não apresenta grandes dificuldades para ser percorrida. Embora seja preciso andar 4,5 km de ida e 4,5 km de volta, o percurso é mais tranquilo, quase todo feito a céu aberto.

Lembrando que essa rota inclui 3 pernoites em uma pousada de Colônia/Itaeté, transfer de ida e volta até o início de cada trilha e refeições (café da manhã, lanche da trilha e jantar), o que facilita o planejamento do turista.

O trajeto começa em Lençóis, na trilha que mencionamos para chegar até a primeira cachoeira. Após a finalização do primeiro passeio, o turista terá o transfer que percorrerá cerca de 180 km até a pousada do pacote. Além disso, também está incluso no passeio o guia profissional.

Aproveite sua viagem em Itaeté!

Enfim, você conheceu detalhes sobre os pontos turísticos de Itaeté, Bahia. Lembrando que o município fica na Chapada Diamantina. Ou seja, é comum que algumas rotas incluam outras cidades próximas, o que permite que o passeio fique ainda mais completo.

Para que você conheça as possibilidades, veja agora o próximo artigo, onde falamos do Morro do Pai Inácio, um local incrível que fica em Palmeiras, a cerca de 130 km de Itaeté.

Escreva um comentário

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

Deixe seu comentário

bottom of page